quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Entre a cultura do trigo e a cultura musical

Entre a cultura do trigo e a cultura musical


O pudor é o clamor estimulado pelo rigor da vergonha, sim era outra direção, mas direção parecida com a eloquência da medida dos desejos, um lado quer ver, outro se esconder, é o prefácio da ilusão, e a dimensão da fantasia aglutinada com fetiches de primavera, há verão e o sisudo da lei parece não transparecer sua seriedade, e os olhos a escorregarem pelo gracejo do corpo que se balança freneticamente com as batidas, um instante de glamour esquece que a messe sente dor, e vá onde for é preciso existir com estas aclamações, e o desfecho de causa meticulosas buscas ao êxtase que não se condena e libertam com máxima exultação, e exaltam a premissa estimuladora do que seria sem ser, do que cresceria com certeza, o ímpeto de estar no momento estando verdadeiramente naquele momento em entregas culturais que salientam a importância de ser humano, não somente o que vem do lucro, e assim não lacro meus entendimentos pela razão de compreender e preencher a lacuna e do vazio existencial que às vezes sofremos. Autor Reginaldo Afonso Bobato

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Hipo de Creta

Hipo de Creta



E u sonho para bem dormir, eu durmo para bem sonhar, para isso eu me movo, ando um pouco mais e me comovo, há quem não tem vergonha de estender as mãos e pedir, assim alimenta a nossa soberba , e quem não dá não diz eu não tenho, e se tenho há medo de alimentar um foragido, é com Dom e eu sofro, ah eu sonho, eu me ponho a pensar, e sem imaginar eu ponho a messe para trabalhar, angústia é de quem não tem até um humilde trabalho para se vangloriar, orgulho ou sinal dele é a presença marcante do silencio quando não se conhece, o que será que há por traz de prejulgamentos, norteio minhas reflexões a dádiva do perdão que eu tenho que ter até por mim mesmo, sofremos  e não há dúvida, mas ainda mais com o rancor do ódio e da vingança, há quem faça por você coisas piores que você jamais imaginaria, então cesse o desterro, ensine ao homem juvenil acerca dos tribunais de inquirição que fariam dele apenas mais um elemento dispensável, doutrine e  dar a crina é emprestar seus favores e montar em quem? Autor Reginaldo Afonso Bobato

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

E que sejam levados por textos antes dos contextos e que os textos criem contextos mais do que os contextos a criarem textos.

E que sejam levados por textos antes dos contextos e que os textos criem contextos mais do que os contextos a criarem textos.


Irei escrever não me diga quando parar...

 Vou construindo as frases em meio a escombros de sentimentos, resgato por amor, sofro se não sentir um pouco de dor, avisto uma jornada de portas fechadas, auguro  descrever cada detalhe destas batidas, eu me abro então, passam as horas aparentemente empedernidas pelo martírio oculto, pela fé revelada, pelo aconchego que engana, longos e longos anos a se perderem de vista, cumpro o desígnio do destino que não fora por mim traçado, a esperar que eu me desvencilhe dele a provar com êxito os detalhes de presságio que deveriam ter sido ditos, bem ditos, oh bendito tempo, não sei se eu quero que ele passe ou não passe, mas eu o quero para delinear os textos em contextos delimitados pela razão da paixão que eu deveria ter tido, e assim não se deixar levar por induções e por impulso.Autor Reginaldo Afonso Bobato

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Aspectos

Aspectos


Um montão de sonhos
Castelos de utopias
Construa uma pequena casa
Real é o prelúdio
Amoroso Autor Reginaldo Afonso Bobato




Intuitos ocultos

Intuitos ocultos


Se eu fiz de conta que não te vi você já me chamou de ignorante, imagine então se eu colocar a prova a amizade que você supostamente teria por mim. Autor Reginaldo Afonso Bobato

Verdade!

Verdade

A verdade é a ciência, como também, pode não ser, e a filosofia pode estar nela, como também, não. Da mesma forma, ela pode estar na filosofia. Muito do que fora falado em nossos antepassados, evidencia o valor que tem a prudência, do homem que estuda com sapiência e dedicação, e não se esquece do valor que terá seu futuro, assim como. também seu passado.. O empirismo comportamental, muito fora utilizado, e muitos homens vieram a perder suas famílias, vidas e liberdades, por falta de filosofia, onde a história registrou fatídicos destinos aos calabouços, forcas e guilhotinas, e que hoje, o retrato se aproxima do passado. Todos os países que tem filosofia nos programas curriculares nas escolas, colégios, universidades e faculdades, têm para a população a possibilidade de um destino melhor, assim como, para sua economia. Autor Reginaldo Afonso Bobato


sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Quando souberes

Quando souberes


Antes dos desfechos trágicos entra a filosofia que alerta, sobretudo contra riscos envolvendo elos de relação, e a principal é correlata à vida sexual.
Como guardar castidade em meio a um mundo que promete facilidades, que desafia, instiga e julga sem precedentes o homem puro e casto?

Reserva de domínio me diz que é preciso ter domínio de reserva, elucidação de quais são as verdadeiras intenções  das ações e o propósito de se estudar o quadro social antes de tudo, se preparar para ele, e não se precipitar para tanto, pois a vida, mesmo numa recôndita simplicidade  é complexa para que os acontecimentos sejam planejados e inseridos institucionalmente, de forma que tenhamos visão premeditada dos fatos, pela sabedoria, mesmo numa tenra idade, pois quando vêm a ocorrência é preciso toda fidelidade do mundo, pois aparecerão oportunidades nefastas para neutralizar a causa em questão, tudo em segredo e em sigilo, e tudo que a pessoa tem que fazer é dizer um não profundo contra os coitos para não ser taxado de adjetivos pejorativos entre falsos elogios que o homem mais vil de todos não recebe. Autor Reginaldo Afonso Bobato