terça-feira, 1 de novembro de 2016

Literal longevidade

Literal longevidade Há quem foge de si mesmo, uma proposição linguística somos oriundos até do que não sabíamos, nada demais, os burburinhos pertenciam a classes entre classe e mais classes, perdemos tempo sem lermos, e a qual contexto pertencemos? Colecionamos personalidades, não foge à palavra o significado de existência, resistência, sobrevivência, clamor, e um impulso à criação é interpretarmos o seio social em que vivemos, e não obstante a certeza que possamos depender dele bem longe dele quando já nos posicionamos preparado para a vida como um todo. Miragens, sonhos, ideais, fantasias, fábulas, encantos, conjectura, ditames, vida que se mostra e é oculta, que é curta, que é culta, longa, saudosa, meticulosa, grandiosa, sublime, cheia de subscritos, transcritos, escritos, de longevidade literal. Autor Reginaldo Afonso Bobato