sexta-feira, 28 de abril de 2017

Remadas

Remadas

Mentem com o firme pretexto de dizer a verdade e a verdade se dissipa...
Como se fosse uma dívida a dúvida é a mesma de tantos anos atrás que marcou...
Ver com a alma, ser o adorno da tua, da minha, do meu refúgio e da minha fortaleza, outrora, tantos outros, os outros são os mesmos. Que mudaram a essência de ser sem ser, de ter sem ter...

Meticulosa razão, sempre ser, e ter não pode ser razão sem medida, é um tanto, um intento e causar importância contextual aonde a vida simples simplesmente vai seguindo seu curso no rio das ilusões. Autor Reginaldo Afonso Bobato