sábado, 13 de maio de 2017

Uma homenagem sincera à minha mãe

Uma homenagem sincera  à minha mãe


Mãe, predicado enaltecedor e singular resume teu nome...
Eu te invoquei como prece
Eu te chamei tu és a messe, exemplo vivo de labor.
Os sentimentos se afloram com teus olhares de sensível natureza.
Reza com destreza esta dádiva suprema, de dar mais do que receber.
Mãe do colo da pátria, gentil, até do colo do filho varonil, mãe do mundo, mãe que se chama amor, sublime amor. Por Reginaldo Afonso Bobato