quinta-feira, 23 de março de 2017

Reais vocações

Reais vocações

Sigo avante, volto como antes a seguir avante, mas volto atrás sem vergonha,  mas penso reflito  e como penso, um dia haveria de perceber o intento de não percorrer determinados caminhos que me fizeram me esquecer dos caminhos que marcaram minhas verdadeiras vontades e vocações em razão de virtudes, mesmo que tenham sido árduos aprendizados e hostis ensinamentos instintivos, fui desviado da rota principal e de profícuas direções, pois as conjunturas me mostraram e,  quem eu fui que não  iria ser de fato e não iria de entre modo como resposta a junção de acontecimentos importantes e fundamentais, caso contrário.
                Sei que é difícil para você compreender, o temor me protegeria, paixões me engrandeceriam numa recôndita simplicidade que ninguém sob hipótese alguma duvidaria, mesmo que me custasse longos e longos anos de drásticos doutrinamentos, e um instante sequer poupariam minha vida de dor e angústia, fobia e aversão.     

O erro é pensar que você conhece os contextos, os merece profundamente sem esforço,  destina-os sem mérito, causa,  ideal e boa fama dentro de limitações plausíveis com razão de prudência. Autor Reginaldo Afonso Bobato