domingo, 12 de março de 2017

Milagres de outrora, mil acres de outra hora, sementes lançadas ao solo farto.

Milagres de outrora, mil acres de outra hora, sementes lançadas ao solo farto.

Por favor, nossos tempos são outros, não seja charlatão e não seja conivente ao charlatanismo.
Com o charlatanismo você pode enganar muita gente, mas não engana as pessoas que realmente precisam de palavras de sabedoria encontradas na igreja, e ao enxergar livremente falsos milagres ou grosseiros a pessoa vai preferir continuar no erro e no dolo e com a balbúrdia do pensamento que vem de inimigos íntimos.
Jesus Cristo não era charlatão, mas sábio e inteligente para que as pessoas acreditassem nele e nas promessas do reino de Deus.
Um exemplo de seus milagres foi quando transformou pedra em pão, e as pedras era Pedro e seus subordinados,  ele disse vinde a mim e te farei pescador de hones, e os peixes eram fruto de seus subordinados, acredite, foi ele e seus mandatários  que transformaram pedras em pão, alie havia uma multidão, é de onde vieram as ordens de Pedro.
Os poderes de convencimento de Cristo eram muito grandes, ainda mais os poderes de comando, e todos, sem distinção o respeitava, o temia enormemente,  ele teria condições de declarar guerra contra Roma, mas ensinou o perdão, a humildade, a benevolência, sobretudo com o pobres, desamparados, doentes e aflitos  qiue hoje se reflete na caridade e em seus hospitais que levam seu nome sagrado, com honra e glória que ele nunca fez questão na sua plenitude, e mesmo assim era um Rei incrível, e mesmo com todo este poder e fama que se estendeu até o extremo oriente, o império romano somente conseguiu capturá-lo em razão de traição, e eu acredito que este foi o maior legado do Cristianismo para nos guarnecer contra quem confiamos imensamente, mas que devemos por guarda, mesmo assim, Autor-decifrador Reginaldo Afonso Bobato