domingo, 19 de março de 2017

Lei em concepção

Lei em concepção


O cidadão pára com seu carro em sinal fechado numa via movimentada não somente porque diz a lei para ele parar, mas porque e acima de tudo, as conseqüências serão desastrosas de ambos os lados.
 Ele conhece a lei instintivamente e em profunda concepção, não somente porque lhe ditaram que ele precisa parar em sinal fechado, mas a  partir do prenuncio e do prefácio que sofrerá, caso contrário, em grau maior, danos físicos e imputará danos físicos a terceiros também.
Não adianta colocar semáforos em ruas sem movimento, ninguém o respeitará, é o mesmo que ditar, murchem os pneus dos carros para diminuírem a velocidade, ninguém obedecerá Autor Reginaldo Afonso Bobato