quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Só, mas bem acompanhado, acompanhado de letras psicofilosóficas

Só, mas bem acompanhado, acompanhado de letras psicofilosóficas
Estudar a si mesmo e que eu me permita, a tempo o fiz e o faço. Descobri que o só do só, sozinho, os erros comportamentais não existem, e que é preciso desenvolver a lingüística, é um desafio, pois é necessário concepção  e leitura programada e direcionada, não é tudo que uma pessoa pode ler, além do que leu empiricamente, ainda mais se for criança, quanto mais assistir a filmes pornográficos que se parecem inofensivos , para enganarem de uma vez por todas a pessoa, e pôr a pessoa em constrangimento psicológico e legal, mesmo que demore aparecer na vida adulta, pois o passado age em nós instintivamente, se não for tratado e curado, caso contrário será tua derrocada psicossocial  para alegria de teus inimigos íntimos que caíram no teu esquecimento, não no deles
Você pode ficar no meio de um monte de gente, ele não te acrescentará nada se não houver estudo psicofilosófico,  além disso você ficará com muitos traumas em razão de induções perversas e perniciosas, ainda mais se viram que você representava promessas psicossociais de relevância,  e que você foi acessível a um erro, será acessível a outros,
Apresentam-te várias verdade e mentiras  inescrupulosas que se parecem com a verdade inexorável e irredutível.

Não é muito difícil punir as pessoas, o difícil é lhes dar educação de berço para que não transgridam em excesso, nu futuro e que não sejam paradoxais, antagônicas e contraditórias.  Autor Reginaldo Afonso Bobato