quinta-feira, 17 de novembro de 2016

A ver navios, o que se aprender então?

A ver navios, o  que se aprender então?



Eu não posso atravessar o mar a nado, é preciso um navio (É a Ana e eu vi-o), não posso mergulhar as profundezas  de um rio sem conhecê-lo, e nem tão pouco ser um marinheiro de primeira viagem, é preciso estudar cartas, sobretudo, náuticas e não pode ser nem vaginal, quanto mais anal.se você não está preparado para o casamento, um dos maiores ideais do ser humano. Autor Reginado Afonso Bobato